Shitz
de Hanoch Levin

Sinopse

“SHITZ", de Hanoch Levin. figura maior do teatro israelita contemporâneo, com liberdade de pensamento e um tom raro e específico, deixou uma cinquentena de peças, cada uma mais divertida, mais louca e mais musical que as outras. Com esta comédia decapante escrita em 1975 continua a busca por um teatro que encena a intimidade e a política, procura o equilíbrio entre a simplicidade e o excesso sobre um fio esticado entre a dureza da proposta e o cómico da farsa. Tudo sobre um fundo de music-hall, porque em casa dos Shitz, por vezes canta-se, isso alivia. E sob a brutalidade do mundo, aflora a melancolia. Tudo isto num forte cocktail, uma mistura de provocação, de graça, de quotidiano, de ferocidade e de ternura, fundamental para o género humano.
Para dar conta de um mundo cujos cidadãos estão à sombra dos cânones, Levin inspira-se tanto na vida quotidiana quanto nas fontes bíblicas ou mitológicas. O seu teatro, sempre comprometido, denuncia a insanidade da lógica da guerra e o seu humor, devastador e provocativo, questiona o ser humano e a sua presença universal. Em casa dos Shitz não se faz renda. Fala-se mal. Para quê dar presentes se a vida nos deu tão pouco quando esperávamos tanto? Aqui está uma família onde o ódio só tem igual na cupidez. O pai Shitz não pode continuar a manter a sua filha bulímica. A mãe sonha ser avó. A filha quer um marido e o futuro marido uma herança. Os jovens querem livrar-se dos velhos mas os velhos não estão pelos ajustes. Depois do noivado violentamente discutido, uma guerra instala-se nesta comédia virulenta!”

128592047_3583641218358919_1179585778207329476_n.jpg
IMG_20201123_222936.jpg
94f5769c-249d-4a27-8046-4fd9868bad26.jpg

Tradução Joana Caspurro

Cenografia e figurinos Pedro Fazenda

Encenação Figueira Cid

Com Andréa Fernandes, Duarte Banza, Elsa Pinho e Figueira Cid
Imagem do espectáculo Bernardo Bagulho
Operação de luz e som António Rebocho
Costura Loja 'O Botão'
Secretariado Camille Oliveira


Agradecimentos Operários de carpintaria e serralharia da Câmara Municipal
de Évora,André Domingos, Diogo Pardal, João Carlos Araújo, João Piteira,
João Rasteiro, Marco Conceição, Nuno Lopes e Sebastião Pereira

127587506_3558853160837725_6216238533217946323_n.jpg
IMG-20201123-WA0049.jpg

40ª Produção | 2021